Trabalhadores farão paralisações em defesa do Saúde Caixa | Portal
ENQUETE

Notícias da Fenae

19.07.2018
Trabalhadores farão paralisações em defesa do Saúde Caixa

A próxima etapa da campanha "Saúde Caixa: eu defendo", promovida pela Fenae, Contraf-CUT, Fenacef, Fenag, Aneac, Social Caixa, Advocef e Anacef, será o Dia de Luta em Defesa dos Programas de Saúde dos Trabalhadores, marcado para 25 de julho, o empregados e aposentados da Caixa, Banco do Brasil, BNDES, Petrobras, Correios e outras estatais realizarão atos em defesa de suas autogestões. De acordo com a orientação da Contraf-CUT, os bancários deverão vestir branco como símbolo da união em defesa de seus programas de assistência à saúde. Também serão realizadas paralisações parciais ou de todo o expediente, conforme as dinâmicas locais.

Outra orientação é de que seja dado total apoio ao Projeto de Decreto Legislativo (PDC 956/2018), de autoria da deputada federal Erika Kokay (PT-DF), que tem como objetivo sustar a resolução nº 23 da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR), determinação que reduz o custeio das empresas estatais em relação aos benefícios de assistência à saúde dos empregados.

Está disponível no site da Câmara dos Deputados uma enquete sobre o PDC 956/2018. Até o momento, 13.757 pessoas já votaram a favor do projeto, para que sejam sustados os efeitos da resolução governamental, enquanto 898 se manifestaram contra. O índice de aprovação do PDC chega a 94%.  Acesse a enquete e apoie o PDC 956/2018.

Também está prevista a realização de uma audiência pública, cujo requerimento já foi aprovado e que será realizada na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP) em data a ser divulgada. “O apoio dos empregados da Caixa e de outras categorias ao projeto é fundamental. Na prática, a medida da CGPAR prejudica os programas de saúde dos trabalhadores de estatais, pois viola nossos direitos assegurados nos acordos coletivos, estatutos e convenções” afirma a diretora de Saúde e Previdência da Fenae, Fabiana Matheus.

Se forem implementadas as resoluções CGPAR, e se for mantida a previsão do estatuto da Caixa, que estabelece o limite de 6,5% da folha de pagamento para participação do banco nas despesas com assistência à saúde dos empregados, o Saúde Caixa ficará cada vez mais caro e excludente.

No âmbito da Caixa, a campanha "Saúde Caixa: eu defendo" ganhou a adesão de milhares de empregados e aposentados, que vestiram branco no dia 20 de junho como símbolo de união em defesa do programa. A iniciativa gerou grande repercussão nas unidades do banco e nas ruas de dezenas de cidades por todo o país. No dia 25 de julho, os usuários do Saúde Caixa vestirão branco outra vez.

 

Bancários declaram total apoio ao PDC 956/2018 e voltarão a vestir branco no dia 25 de julho em defesa do programa de assistência à saúde
Compartilhe:
Voltar

LINKS ÚTEIS

  • APCEF/CE - Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal
  • Av Frei Cirilo, 4700 - Messejana
  • Fortaleza - Ceará - CEP: 60840-285
  • TEL: (85) 3253-2034
  • TEL: (85) 3253-3408