"Diálogos Capitais" em Natal vai discutir ameaças aos bancos públicos | Portal
ENQUETE

Notícias da Fenae

06.12.2018
"Diálogos Capitais" em Natal vai discutir ameaças aos bancos públicos

Em meio às tentativas do atual governo de fatiar as estatais brasileiras e às promessas da futura gestão de vender o que for possível, Natal (RN) recebe uma série de atividades de resistência ao discurso privatista. Nesta quinta-feira (6), haverá a sexta edição dos “Diálogos Capitais”, com o tema “Bancos Públicos sob ataque: desafios, riscos e perspectivas”. O evento ocorre no Grand Hotel Natal (SERHS), a partir das 18h30, com entrada franca.

O debate é promovido pela Fenae) em parceria com a revista Carta Capital, e já passou por São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Teresina (PI), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA). Este último ocorreu nesta segunda-feira (3). Na edição potiguar, o grupo tratará da onda de privatizações iniciadas pelo Governo Federal, que deve ser acentuada com Jair Bolsonaro, e como isso afeta bancos públicos, cuja função é social.  

Participam de “Diálogos Capitais” em Natal a governadora eleita Fátima Bezerra; o presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira; o senador Jean Paul Prates; o sociólogo Jessé de Souza; e o presidente da Associação Comercial e Empresarial do Rio Grande do Norte (ACS), Itamar Manso. As discussões serão mediadas pelo jornalista e professor Daniel Dantas Lemos. Estarão presentes também presidentes e diretores de todas as Apcefs, que estão na cidade para a final do Talentos Fenae/Apcef e para a reunião do Conselho Deliberativo Nacional da Federação.

“Teremos, a partir do próximo ano, um governo que já disse em alto e bom som que pretende privatizar tudo que puder. Por isso, como temos reforçado, o momento é de resistência em defesa do patrimônio de todos os brasileiros. Os debates que promovemos em parceria com a Carta Capital são importantes nessa luta”, afirma o presidente da Fenae, Jair Ferreira. As discussões também serão transmitidas ao vivo pelas redes sociais da entidade e da revista.

Também na quinta-feira, a partir de meio-dia, dirigentes do movimento sindical e associativo dos empregados da Caixa farão em frente à Agência Potiguar um ato contra o enfraquecimento, o fatiamento e a privatização da Caixa. Nesta mesma data, empregados da instituição de todo o país vão realizar um Dia Nacional de Luta em defesa dos bancos públicos.

“Trabalhadores e sociedade precisam participar dessas ações e estar juntos na luta, porque o que interessa aos brasileiros é uma Caixa 100% pública, forte e social”, assinala Jair Ferreira. O último Dia Nacional de Luta dos empregados da Caixa ocorreu no dia 29 de novembro e marcou a derrota do Governo Federal no leilão da Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex), que, devido às pressões, foi adiado para o dia 5 de fevereiro.

Intervenção “Não tem sentido” em Natal

Ainda em dezembro, Natal receberá intervenções da campanha “Não tem sentido”, em defesa da Caixa Econômica Federal, realizada pela Fenae. Ações como spots em rádios locais e mídia em ônibus da cidade vão divulgar os principais motes da mobilização: “Não tem sentido fatiar a Caixa”, “Não tem sentido enfraquecer a Caixa”, “Não tem sentido diminuir a Caixa” e “Não tem sentido privatizar a Caixa”.

Lançada em outubro, a campanha “Não tem sentido” tem como objetivo mobilizar os empregados do banco, entidades e a sociedade a fim de mostrar a importância social da Caixa. Além dos atos públicos, a campanha também recebe vídeos da população opinando pela não-privatização ou enfraquecimento do banco. Os vídeos podem ser enviados pelo site www.naotemsentido.com.br.

 

Debate, nesta quinta-feira (6), contará com a presença da governadora eleita Fátima Bezerra, do senador Jean Paul Prates, do sociólogo Jessé Freire e do presidente da Fenae, Jair Ferreira. Evento marca série de ações contra os ataques à Caixa e a outros bancos públicos
Compartilhe:
Voltar

LINKS ÚTEIS

  • APCEF/CE - Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal
  • Av Frei Cirilo, 4700 - Messejana
  • Fortaleza - Ceará - CEP: 60840-285
  • TEL: (85) 3253-2034
  • TEL: (85) 3253-3408